Maus pensamentos – 22/04/2012 (Kin Natajara)

Maus Pensamentos

Evagrius teve profundos insights psicológicos sobre o funcionamento da mente humana. Esses insights, decorrente de pensamentos cuidadosamente examinados, são essenciais para mudança e transformação e foram redescobertos somente no século XIX por Jung e Freud. Agora são uma hipótese aceita pela maioria dos psicoterapeutas e analistas. 

Muitos dos ditos de Evagrius não estaria de fora dos manuais modernos da psicoterapia.

 No seu ensinamento sobre a observação dos pensamentos, ele distingue os mais importantes: “Há oito categorias gerais de pensamentos nas quais se incluem todos os outros pensamentos. O primeiro é a cobiça, então a impureza, avareza, raiva, tristeza, acídia, vanglória e orgulho. Nós vimos em uma carta anterior o “demônio da acídia”, aridez espiritual, com um sentimento de “qual é ponto?” ou “nada acontece”. Que tenta nos impedir de perseverar no caminho da meditação. Apesar de termos falado primeiro sobre ele, ele não é um dos mais importantes – que são a avareza, a ganância, e “busca por estima”. “Dos demônios que se opõe a nós na prática da vida ascética, existem três grupos que lutam na linha de frente: os que se ocupam com os apetites da cobiça, aqueles que sugerem pensamentos de avareza, e aquele que nos incitam a procurar a estima dos homens. Todos os outros demônios seguem atrás desses e, por sua vez, atacam aqueles já feridos pelos três primeiros”. É fácil ver quão galopante esses demônios ainda estão presente em nossos tempos.

 A cobiça começa, portanto, todo o processo e se aplica a todos os aspectos da vida, não apenas alimentos, mas tudo aquilo que ganha uma forma obsessiva de apego a qualquer coisa, o que incluí habilidades físicas e intelectuais, conhecimento e bens materiais. Poderia ser estendido até mesmo para as relações sexuais, daí a “impureza” . A cobiça foi realmente considerada como a atitude de ser imoderado, por isso na vida ascética poderia ser aplicado mesmo ao jejum extremo no lugar de um excesso de comida. Além disso há o perigo de ser, com isso, levado pelos “demônios” da vaidade e do orgulho. O abade Isidoro, o sacerdote, disse : “Se você jejuar regularmente não se torne orgulhoso, mas se pensar demais em si mesmo por causa do jejum, então é melhor comer. É melhor para um homem comer carne do que ser inflado pelo orgulho e gloriar a si mesmo.”

 A preocupação com os alimentos e com o jejum poderia levar não somente ao orgulho, mas também a avareza. O asceta pode se tornar indisposto a quebrar o jejum e compartilhar uma refeição com o irmão por causa da preocupação com o não ter comida suficiente para manter sua própria saúde. Ao fazer assim, ele também rompeu com a importante virtude da hospitalidade.

Tristeza e raiva são considerado demônios relacionados. Evagrius não se refere, com tristeza, à dor genuína ou a depressão, mas a tristeza que surge quando os desejos são contrariados. Isso é muitas vezes acompanhada por raiva naqueles que tem as habilidades ou os bens ascetas.

Pensamentos desordenados ou maldosos, de vaidade e orgulho, são considerados por Evagrius como os “demônios” mais perigosos, mesmo quando o asceta já está bastante avançado no caminho: “O espírito da vanglória é mais sutil e facilmente cresce nas almas daqueles que praticam a virtude. Ele os leva a desejar fazer suas lutas conhecidas publicamente, para conseguir o louvor dos homens… O demônio do orgulho é a causa de queda mais prejudicial para a alma, porque induz o monge a negar que Deus está em seu auxílio e considerar que ele próprio é a causa da ação virtuosa”

Esta forma discursiva da meditação, “observar os pensamentos”, é um elemento essencial no caminho espiritual, levando ao autoconhecimento e ao conhecimento da Presença Divina.

Kin Natajara

Tradução livre desse blog. Texto original no site oficial da Comunidade Mundial para Meditação Cristã: 
http://www.wccm.org/content/weekly-teachings-2242012

Outros textos da comunidade

2 comentários sobre “Maus pensamentos – 22/04/2012 (Kin Natajara)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s