Apêndice I

APÊNDICE I

UMA PROPOSTA DE SEIS SEMANAS INTRODUTÓRIAS PARA UM GRUPO DE MEDITAÇÃO CRISTÃ

  

As linhas gerais à seguir se destinam a ajudar o líder do grupo na introdução da meditação para os novos participantes de seu grupo durante um período de seis semanas. Isso ajudará você a ajudar os outros a continuarem e perseverarem tempo suficiente para avançarem em seu próprio entendimento. Pode ser usado contínua ou periodicamente durante o ano ou como uma revisão para meditantes mais experimentados.

 

Materiais adicionais especificamente para a introdução de seis semanas, incluindo recursos de áudio e exemplo de palestra , podem se explorados através do website da Escola de Meditação em

 http://www.theschoolofmeditation.org/

 

 

RECEBENDO OS INICIANTES

Seja especialmente acolhedor com aos recém-chegados que podem achar o silêncio do grupo um pouco estranho. Sempre que possível se encontre pessoalmente com eles, explique o básico de como meditar e que podem tirar qualquer dúvida pessoalmente com você tanto quanto com o grupo. Pode ajudar sugerir  que eles façam um “check-in” mensal com você em primeiro lugar. Ajudá-los a entender que a importância da encontro semanal é fortalecer a prática diária e ajudá-los a chegar em um entendimento mais profundo do caminho da meditação.  Lembre-os que levará tempo para estabelecerem uma prática regular em sua vida cotidiana e que não devem desistir. Se assim fizerem, eles devem apenas começar novamente.

 

Exponha a estrutura geral do grupo e a centralidade do período de meditação juntos. Ajude-os a assinar e contribuir com o custo do Boletim Internacional. Compartilhe um pouco de sua própria jornada quando isso parecer útil.

 

A CADA SEMANA

 

  • Enfatizar a simplicidade da meditação.
  • Revêr o básico sobre “Como Meditar”.
  • Expôr o tema da semana e um curto resumo da gravação que vocês vão escutar.
  • Recomendar leituras específicas.
  • Ter os recursos básicos de introdução disponíveis para venda ou empréstimo. (Todos disponíveis na Medio Medio em www.mediomedia.org)
  • Oferecer prospectos tais como os folhetos básicos da comunidade local, nacional e mundial.
  • Ter impressões disponíveis dos Ensinamentos Semanais da página web www.wccm.org
  • Encorajar perguntas conseguintes as quais você e outros membros possam responder.

 

SEMANA  UM

O tema é: O Que é Meditação?


Explique como a meditação é uma prática universal também encontrada em nossa tradição Cristã. É uma disciplina e não apenas uma técnica. Não existem teorias ou técnicas difíceis a serem dominadas. Enfatize a quietude do corpo e a importância de praticar duas vezes ao dia. Prepare-os para o encontro com a uma mente de macacos [pulando de galho em galho]. Lembre-os que a meditação é a oração do coração, assim todos os pensamentos, incluindo pensamentos santos, devem ser deixados de lado. Reproduza uma das gravações de John Main da série “In The Beginning”.

Recomende o livro “Prática Diária da Meditação” de Laurence Freeman.

É sugerida a leitura do Novo Testamento: Mateus 6:5-6

 

 

SEMANA  DOIS

O tema é: John Main

Brevemente, em suas próprias palavras, conte a história de sua vida. Ele encontrou a meditação primeiramente no Oriente, então redescobriu a tradição monástica Cristã da meditação e mais tarde foi adiante ensiná-la aos leigos. Isso levou à comunidade mundial da qual o grupo em que você está meditando essa noite faz parte. Meditação cria comunidade. Tradição é uma descoberta pessoal. Cada um de nós tem que redescobri-la em “nossa própria experiência”. Reproduza uma das gravações  da série “In The Beginning”.

 

Recomende a leitura do livro de John Main, “Meditação Cristã”.
É sugerida a leitura do Novo Testamento: Mateus 6:7-15

 

 

SEMANA  TRÊS

O tema é: As raízes de nossa Tradição.

 

Comente sobre a redescoberta de John Main acerca do mantra na Décima Conferência de João Cassiano e o sentido da pobreza de espírito – simplesmente deixar ir. Explique como Cassiano, assim como a “Núvem do Não Saber” e a tradição Ortodoxa da Oração de Jesus na Filocália, enfatiza a contínua recitação da palavra. As distrações devem ser deixadas, não combatidas ou reprimidas. Isso gradualmente nos conduz para o momento presente. Tudo isso é uma forma de disciplina mas o fruto é a liberdade do espírito. Use outra gravação da série “In The Beginning”.

Recomende o livro de John Main, “A Palavra que Leva ao Silêncio”.

É sugerida a leitura do Novo Testamento: Mateus 6, 25-34;

 

 

SEMANA  QUATRO
O tema é: A Roda da Oração.

 

Agora que eles estão meditando há algum tempo eles foram introduzidos na oração do coração, uma experiência nova para a maioria das pessoas. Então agora pergunte “o que é oração?” à luz dessa experiência. Todas as formas de oração são válidas e a meditação não as substitui, embora ela possa simplificá-las, juntamente com tudo o mais em sua vida. Na tradição Cristã toda oração nos conduz de volta à oração do Espírito dentro do coração. Minha oração – por si mesma – dá lugar à sua oração. Escolha uma gravação do conjunto “Being on the Way”, de John Main, ou uma outra da série “Communitas”, mas lembre-se de repetir como meditar, essa introdução pode não estar nessas gravações.

 

Recomende uma releitura do livro de Laurence Freeman, “Prática Diária da Meditação”.

É sugerida a leitura do Novo Testamento: Romanos 8: 26-27

 

 

SEMANA  CINCO

O tema é: Deixando o Si Mesmo para trás.

 

O que nós realmente fazemos quando nós meditamos é uma atividade de desapego. Todas as tradições espirituais descrevem isso como o caminho básico para encontrar quem, e porquê, nós somos. Meditação é uma universal e pessoal busca pela verdade. Deixar a si mesmo para trás não é uma violência ou um processo repressivo. É aprender a simplesmente ser e abandonar o desejo e o medo. Reproduza uma gravação do conjunto “In the Beginning”.

 

Recomende o livro de Laurence Freeman, “Perder para Encontrar”.

É sugerida a leitura do Novo Testamento: Mateus 7:13

 

 

SEMANA  SEIS

O tema é: Meditação como um modo de vida.

 

Os primeiros Cristãos disseram que a maneira como você reza é a maneira como você vive. Os frutos da prática diária surgem nas situações da vida e dos relacionamentos quando nós vivemos à partir de um centro interior mais profundo. Nossa tradição religiosa surge em uma nova vida, juntamente com um maior respeito por outras tradições. Sabedoria e compaixão são as maiores dádivas.

 

Recomende o livro de John Main, “O Momento de Cristo”, ou de Laurence Freeman “Aspects of Love”.

É sugerida a leitura do Novo Testamento: Filipenses 2:1-11

 

Considere realizar um evento especial depois desse sexto encontro para marcar a conclusão do curso  introdutórioe lembrar a todo mundo que todos nós somos – sempre – iniciantes.

 

 

Dom Laurence Freeman

Uma Pérola de Grande Valor

Índice

Um comentário sobre “Apêndice I

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s