13 – Como organizar o tempo em grupo?

Como organizar o tempo em grupo?

Os três elementos essenciais de um grupo de Meditação Cristã são: Ensinamento, Meditação e Comentários. Mantenha isso simples. Reduza as palavras ao mínimo. Deixe o grupo ser o que é – um grupo de meditação, não um grupo de debate ou um grupo de terapia, ou outro tipo de grupo de oração.

O elemento essencial do grupo é o período no qual meditamos juntos. Sempre mantenha o silêncio como algo central e o resto irá se encaixar. Aqui estão algumas dicas de como assegurar um ambiente contemplativo e uma experiência mais significativa para todos.


Preparação
: Na medida em que as pessoas forem chegando permita que se sintam bem-vindas mas, com gentileza, também deixe claro que elas estão entrando em um local e momento sagrados. Dez minutos antes de iniciar o tempo coloque uma música tranquila, acenda uma vela e gentilmente peça as pessoas que parem de conversar. Elas geralmente precisam ser incentivadas a isso porque têm uma sensação de que parecerão anti-sociais se não conversarem entre si. Na hora de iniciar, desligue a música e dê as boas-vindas.


Novatos:
Dê as boas-vindas de forma especial para os novos participantes e, nessa ocasião, oriente o ensinamento do grupo para eles. Uma apresentação introdutória irá beneficiá-los e também será um reforço para os outros membros; depois de uma palavra particular do grupo com os novos membros e de oferecer seu apoio pessoal caso eles desejem consultar ou fazer perguntas a você depois.


Ensinamento:
A maneira ideal de transmitir o ensinamento é reproduzir uma das gravações de John Main. Esses ensinamentos extraordinários foram originalmente transmitidos a grupos de meditação muito parecidos com esse que você está começando agora. As gravações não são sermões ou leituras, mas um modo próprio de preparação espiritual para meditação num momento de silêncio. Ao escutá-las, não apenas a mente é informada, mas também o coração. Elas colocam você em uma melhor disposição mental e com a atenção clara para o trabalho da meditação. Como muitos outros, eu tenho ouvido essas gravações por muitos anos e percebido como elas nunca ficam estagnadas, não importa quantas vezes você as ouça. Há centenas dessas gravações em CDs, assim você tem bastante tempo para sondá-las.

 

Há algumas gravações que são especificamente introdutórias e outras para meditantes mais experientes. A gravação “The Essential Teaching”, um conjunto de ensinamentos introdutórios de John Main, é composta por três faixas que estão publicadas no livro “A Palavra que Leva ao Silêncio” (Word into Silente). A seção “Doze passos ou degraus para quem medita” (Twelve Talks for Meditators) se mostra muito popular com os novos grupos. A gravação In The Beginning” é também uma série introdutória desses ensinamentos. “Being on The Way” é uma gravação para meditantes com alguma experiência. “Door into Silence” e “Word Made Flesh” são um conjunto de gravações para ambos, para quem está começando e para quem já está no caminho.

Existem muitos outros recursos que você pode escolher de acordo com a necessidade e se achar que irá beneficiar o grupo. Assim, é possível encontrar uma grande variedade para os momentos de ensinamentos do grupo. Regularmente são disponibilizados novos títulos em formatos de CD e DVD. Para maiores detalhes você pode consultar o Coordenador Nacional ou Regional, ou procurar na livraria online do website da comunidade www.wccm.org.

Para os grupos já bem estabelecidos você pode adaptar algo mais extenso, que tenha sido publicado a partir de um retiro ou seminário, reproduzindo uma parte diferente da apresentação ao longo de algumas semanas. O líder do grupo deve escolher otrecho de antemão e dispôr alguns momentos para introduzir o tema. O líder, ou outro membro do grupo, também poderia fazer uma apresentação pessoalmente de tempos em tempos caso ele se sinta confiante. Os ensinamentos também podem ser lidos em voz alta à partir do texto de um livro de John Main ou de outro mestre na tradição.

Um ciclo trienal dos “Ensinamentos Semanais” postados no site www.wccm.org também pode ser enviado diretamente a você, ou aos membros do grupo, por e-mail. Você também pode copiar uma edição semanal para que os membros possam levar para casa e ler nas horas vagas durante a semana. Esses ensinamentos constituem uma rica introdução à tradição contemplativa da qual o meditante faz parte.


A meditação
: Depois do ensinamento deve haver um momento de silêncio enquanto as luzes são diminuídas. O período de meditação em si pode ser iniciado com uma música tranquila como as músicas de Margaret Rizza, ou outra que seja adequada. Os períodos de meditação normalmente são de  25 ou 30 minutos. Se o grupo for novo você pode começar com períodos de 20 minutos e gradualmente ir aumentando o tempo. O líder, ou outro membro do grupo, deve ser responsável pelo tempo da meditação e pode sinalizar o início e o fim da meditação com um suave toque de um sino ou de uma tigela de oração. Existem outras formas de sinalizar o fim do período de meditação sem fazer com que todos saltem fora de suas peles quando toca um alarme ou uma campainha. Você poderia usar um marcador de tempo mais calmo ou a série de CD TimePeace que tem um curto trecho de música ao início e ao fim de um período determinado de silêncio. No website da comunidade existe o aplicativo WCCM App que incluí um temporizador, oração e música. A concepção e a preparação do período de meditação como um tempo de quietude e tranquilidade é uma importante parte do trabalho do líder do grupo.


Depois da meditação:
Pode haver uma breve leitura após o período de silêncio, de preferência repetindo um ponto chave do ensinamento que iniciou o encontro ou citando uma breve passagem da Escritura. A parte final do encontro é, então, uma sessão de partilha ou comentários. Não importa se em algumas semanas as pessoas não se sentirem à vontade para falar. O encontro deve ser concluído tranquilamente e as pessoas podem se despedir. Embora com frequência, depois de alguns momentos sentados em silêncio, as pessoas gostem de partilhar uma reflexão ou levantar alguma questão. O líder do grupo pode muitas vezes conduzir gentilmente a discussão fazendo referência ao ponto chave ou ao trecho da escritura lido anteriormente, ou compartilhar alguma outra reflexão. Esse não é o momento para conversa ociosa, debate ou argumentação teológica; nem deve ser um momento para análise dos problemas particulares das pessoas ou de outros assuntos da vida. Existem ocasiões mais adequadas para isso.

Se houverem questões, os líderes de grupo não têm que sentir o dever de ter todas as respostas o tempo todo. Outros no grupo podem ter uma contribuição a dar e as questões não precisam ser respondidas imediatamente. Os líderes de grupo podem se dirigir aos membros de forma privada, ou na próxima sessão depois de uma reflexão mais aprofundada, discutida com outra pessoa na comunidade ou, por exemplo, depois de consultar o prático livro de Paul Harris abordando as perguntas mais frequentes, “Frequently Asked Question”. Se uma pergunta parecer impossível de responder, talvez seja; assim, não tente respondê-la. Deixe espaço para o mistério também.

Um tempo para compartilhar pensamentos e sentimentos relacionados a prática da meditação – não uma analise do que aconteceu durante a meditação – ajuda no crescimento do senso de solidariedade entre os diversos dons, idades e personalidade que fazem do grupo uma comunidade.

Dom Laurence Freeman
Uma Pérola de Grande Valor

Índice

Um comentário sobre “13 – Como organizar o tempo em grupo?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s