Simplicidade de criança

O aprendizado da meditação é o aprendizado do desaprender. O maior problema que se apresenta a todo aquele que comece a meditar, é a simplicidade da meditação.  Deus é Uno.  E, a prece cristã tem sido descrita como o caminho da singularização, que nos leva a nos tornarmos um, tornarmo-nos um com Aquele que é Uno. O problema que encaramos é o de deixar para trás a complexidade. Estamos acostumados à complexidade, porque nos ensinaram a acreditar que, quanto mais perfeita a técnica, mais invulgar será o resultado. O aperfeiçoamento das técnicas aumenta a complexidade. O aperfeiçoamento de uma disciplina conduz à simplicidade.  E, Jesus nos diz que devemos nos tornar simples, como as criancinhas.

A meditação é o caminho da redescoberta de nosso inato sentimento de admiração, como aquele das criancinhas.  A prece cristã é um estado de inocência. Ao meditarmos, vamos além do desejo, além da possessividade, além da importância que nos damos a nós mesmos, além de todas as fontes de culpa e de complexidade.

Assim, a primeira coisa que você precisa aprender ao encetar a peregrinação da meditação, é a de ouvir a mensagem com a simplicidade de uma criança.  Deus é Uno. E, o que é extraordinário na afirmação cristã, é que a nossa vocação é a de sermos um com Ele, Nele e, através Dele.”

O CAMINHO DO NÃO CONHECIMENTO, John Main

Um comentário sobre “Simplicidade de criança

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s