Aqui estou, esperando.

“A Oração Centrante não é tanto um exercício de atenção, mas de Intenção. Você pode levar um tempo até compreender essa diferença. Você não atenta em nenhum pensamento específico. Você, antes, tenciona ir até seu ser mais íntimo, onde crê que Deus habita. Você está se abrindo para Ele por pura fé, não por meio de conceitos ou sentimentos. É como bater suavemente numa porta. Você não está socando a porta com suas faculdades como que para dizer: “Abram, em nome da lei! Exijo que me deixem entrar! “Voce não pode arrombar essa porta. Ela abre pelo outro lado. O que você está dizendo por meio da palavra sagrada é “Aqui estou, esperando”. É um jogo de espera elevado à enésima potência. Nada de espetacular vai acontecer, mas, se acontecer, você deve retornar calmamente à palavra sagrada como se nada tivesse acontecido.”

THOMAS KEATING, “Mente Aberta, Coração Aberto”, Pág. 59


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s