O Jovem Monge e o Ancião

“Um dia um jovem monge se aproximou de um ancião, assentado no meio de um grupo de irmãos que rezavam, trabalhavam e meditavam. Disse o jovem discípulo: ‘Sou capaz de andar sobre as águas. Vamos então até aquele laguinho onde nos sentaremo e iniciaremos uma conversa espiritual.’ Mas o mestre respondeu: ‘Se o que você está querendo é fugir de toda essa gente, porque não vem comigo e voa, plainando no céu aberto e tranquilo e lá conversaremos?’

E o jovem replicou: ‘Não tenho esse poder’.

O mestre explicou: ‘Pois bem. Seu poder de ficar sobre as águas pertence aos peixes. E minha capacidade de voar pelos ares cabe aos pássaros. Essas aptidões nada têm a ver com a realidade e, de fato, podem apenas tornar-se base de orgulho e competição, não de espiritualidade. Se quisermos falar sobre as coisas espirituais, devemos fazer isso aqui’

Para refletir: “Se não somos espirituais onde estamos e como estamos, não somos absolutamente espirituais. Somos simplesmente consumidores da última novidade das invenções espirituais que entorpecem nossas mentes mas nunca satisfazem nossos espíritos ou libertam nossos corações” – Joan. D. Chittister (OSB) 


Um comentário sobre “O Jovem Monge e o Ancião

  1. […] Conto o Jovem Monge e o Ancião. Para refletir: “Se não somos espirituais onde estamos e como estamos, não somos absolutamente espirituais. Somos simplesmente consumidores da última novidade das invenções espirituais que entorpecem nossas mentes mas nunca satisfazem nossos espíritos ou libertam nossos corações” – Joan. D. Chittister (OSB)  […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s