Conflitos

‎”Opostos criam conflitos, e o conflito nos assusta, pois parece ser uma perda da paz. Na verdade, o conflito, suportado corretamente e sem violência, é a maneira de aprofundar nosso conhecimento da “paz que excede toda a inteligência”. Confrontado com as contradições e fracassos da vida, o espírito nos convoca a aceitá-los e integrá-los, em um nível mais profundo do que a mente comum, em vez de negar e fugir deles como somos tão facilmente tentados fazer. Rejeitar ou negar o paradoxo em nossa vida é trágico mas também, muitas vezes, contém um traço do absurdo (…) a menos que consigamos ver a diferença entre paradoxo e fracasso condenamo-nos a repetir os padrões de auto-rejeição e desespero. Ver nosso próprio absurdo em lidar erradamente com os problemas da vida pode levar-nos a sabedoria.

Precisamos apelar para a sabedoria que vive mais fundo do que a dor em nossa alma. Como Simone Weil disse, sob nossos mais profundos lamentos está a pérola do silêncio de Deus. A sabedoria nos convoca a suportar e nos dá forças para além do horizonte de nossas expectativas. Mas esta é uma luta, e o sucesso é pouco provável se estivermos completamente sozinhos”

Trecho da carta de D. Laurence Freeman no boletim internacional de Dezembro de 2011 para a Comunidade Mundial para Meditação Cristã.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s