Na Liberdade da Solidão

“A rendição é a oportunidade para os contraditórios intuitos”. A experiência do silêncio e da solidão é comum a qualquer pessoa, independente de suas idiossincrasias e, através dela, para além de crenças e perspectivas, encontra-se o “ponto-morto” da vida a partir do qual toda diversidade pode ver-se reconciliada. Na verdade, naturalmente conciliada. A reconciliação interior permite lidar com os tantos conflitos insolúveis do cotidiano de forma mais integrada e suficiente.

Os “Padres do Deserto” descreviam a solidão como um “valor supremo” pois, na aridez do deserto, seja ele demográficos, geográficos, mas sobretudo aquele criado pela solidão, não haveria nada de atrativo ao homem e, por isso, não poderia ser destruído por ele. Na solidão, antes de mais nada, podemos encontrar de forma genuína nossa mais profunda morada, Deus, e então, ser. Entretanto, quanto mais próximo estamos de Deus, parece que mais sentimos Sua ausência, como dizia o poeta. Não aquela ausência sentida pelo ateu que está de costas a essa Verdade, mas a conflituosa experiência do fiel que se vê em uma aridez espiritual, em um silêncio magistral no qual aprendemos a amar a Deus pelo que Ele é, e não pelo que nos pode dar. Um silêncio profundo no qual não vemos mais que a imensidão sem horizontes, então aprofundamos a fé, enraizando o ser no interior de Deus, onde Ele não pode ser visto, mas sentido.

A solidão pode vestir-se de tal assombro que somente armados com a coragem da fé é possível realizar tal busca. Deus está sempre falando, mas só no silêncio da solidão, da soletude, sua voz é traduzida ao nosso coração.

Nesse livro, Thomas Merton fala de suas experiência de solidão e silêncio e uma nova página foi adicionada para registrar seus trechos.

NA LIBERDADE DA SOLIDÃO / THOUGHTS IN SOLITUDE,
Thomas Merton

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s