Termos

Aqui, tantos sons! Músicas eletrônicas e discussões, obras na rua e sorrisos freiados, risados e engraçados, somos confissões espalhadas de uma vida inflamada. Deitado assisto, de olhos fechados, com o sol que me olha atravessado, na brecha azul que resta entre a janela à três pés do muro alto. Ricocheteando sua luz na mata, que dele pende, molhada, que com ele tende, cair. Seria dia, até de madrugada. Entrando pontilhado, sol das quatro, pela cortina de renda branca, no fim de tarde da minha quarta, movimentando-se com a brisa que, brisando, me espreguiça por todo quarto. Iluminado, o mudo criado do canto, sugere à madeira repouso a poeira, onde deita seu manto, depois de revelada, dourada rota, do sol ao abajur, que espera sua hora. Equanto a hora espera esquecer, cada momento passado, cada dia, cada ser.

Sol que brilhava sobre aqueles velhos homens, antigos nomes, para os quais jamais exitiria, existiu, ou existirá, como brinquedo de passear, foguetes espaciais. Homens que lá estavam, a esperar, nos fins de tarde, sem quartas, em alaúdes medievais; a hora da ceia, de ceia em ceia, a hora de restar. Restando apenas amar o derradeiro momento que nem as estórias, guardada como o quê resta, haveria de guardar, aquele que restou. Debaixo do sol que nada fica, fica a semente daquele que eternizou, tudo em si, quando no chão quente daqui deitou, e assim, amou.

Silencioso momento, que une os tempos, acolhe eventos. Que tudo passa e tudo transforma. No qual o homem encontra um termo, e que humilde silencia pois também sabe que sem a vida, teria o tempo, lá, sem qualquer som, seu termo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s